Connect with us

Pelotas e RS

Prefeitura reclama de depredações ao patrimônio público e faz um apelo

Publicado

on

“É crescente a incidência de ocorrências de furtos ou depredações de itens do patrimônio público, como fios dos sistemas de iluminação e de semáforos, placas de sinalização, contêineres para resíduos orgânicos, bancos, lixeiras e outras peças que fazem parte do mobiliário urbano”, reclama a prefeitura.

“Esses tipos de crimes geram gastos à Prefeitura, que precisa repor o que foi levado ou consertar o que foi danificado ou comprometido. O dinheiro que poderia ser investido em novas melhorias e avanços para a cidade acaba tendo de ser aplicado para consertos ou compra de materiais. O Poder Público apela à população para que seja sensível, ajude a zelar pelos bens e denuncie sempre que flagrar ações dessa natureza.

As denúncias podem ser feitas por telefone. Qualquer pessoa que perceber alguém pichando ou danificando uma placa, banco público, lixeira, contêiner ou outros itens do contexto urbano, assim como furtando fios da iluminação ou do sistema semafórico, deve entrar em contato com a Guarda Municipal, pelo número 153, ou Brigada Militar, pelo 190. Informar as autoridades é um passo importante para zelar pelo patrimônio e impedir a reincidência pelos mesmos autores dos crimes.

Guarda Municipal

A comandante da Guarda Municipal (GM), Cíntia Aires, salienta que furto ou depredação ao patrimônio, por se tratar de crime, pode ser denunciado a todas as forças de segurança pública.

A GM atendeu, no primeiro semestre, a dez denúncias de danos ao patrimônio, envolvendo prédios públicos com depredações, por exemplo, em porta, portão, grade, chafariz; e a cinco de furtos simples, como fios elétricos e canos de rede de água.

Trânsito

Publicidade

“Um fato novo é o furto de fios de semáforos para pedestres, que funcionam em altura baixa, facilitando o acesso a quem pratica o crime. Para retirar o fio do cabo, o equipamento também acaba danificado, implicando em considerável prejuízo”, afirma o secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam.

O gestor salienta que, somente neste ano, mais de R$ 30 mil foram gastos em consertos de semáforos para pedestres e reposição de fios desses equipamentos. Os pontos onde se registraram sucessivos furtos e danos foram no cruzamento da rua Marcílio Dias com Doutor Amarante e avenida Bento Gonçalves com Professor Doutor Araújo.

As placas de sinalização são outro alvo de vandalismo, como pichações, furtos ou danos. “É preciso reposição ou recuperação. Placas em falta ou alteradas podem provocar acidentes. É uma questão de segurança mantê-las íntegras. A STT também trabalha na manutenção das que estão desgastadas pelo tempo”, pontua Al-Alam.

Sanep

O Sanep absorve considerável despesa em razão do vandalismo. No primeiro semestre deste ano, 34 contêineres foram queimados, gerando o prejuízo aproximado de R$ 57,8 mil – uma média de seis estruturas por mês, considerando o custo médio de R$ 1,7 mil por equipamento. Além dos custos com a reposição de novos, há o investimento em consertos pontuais, como a substituição de rodas, tampas e outras partes, que chega a cerca de R$ 30 mil ao mês.

Ecopontos também receberam visitas indesejadas neste ano. Quatro invasões nesses locais, destinados ao recebimento de materiais inservíveis, evitando que sejam descartados em áreas e em vias públicas, deixaram de saldo o gasto de aproximadamente R$ 1,5 mil por ocorrência, para conserto nos portões, cercas concertina e demais estruturas danificadas pelo vandalismo.

De janeiro a junho deste ano, o Sanep arcou com a reposição de 315 hidrômetros furtados, em média 52 por mês, sendo que o pico de ocorrências foi em maio, com 100 equipamentos levados por ladrões. Cada hidrômetro representa cerca de R$ 240,00 para a autarquia, somados os custos do equipamento e gastos para reposição. No primeiro semestre, o Sanep teve R$ 75,6 mil de despesas somente para cobrir o prejuízo com hidrômetros.

Seplag

Publicidade

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), responsável técnica pelas obras financiadas do Município, depara-se com situações que comprometem até mesmo projetos novos, recém-finalizados e entregues ao uso da comunidade. Não são raras as ocorrências de danos a bancos e lixeiras em áreas requalificadas há pouco tempo na cidade, como exemplo o Calçadão central.

“Infelizmente, o vandalismo ocorre de forma corriqueira, principalmente, atingindo a iluminação pública, por meio do furto dos fios. Para exemplificar, dos quatro pórticos instalados nos acessos à cidade, três tiveram a fiação furtada. Além disso, cito a Passarela do Simões Lopes onde, depois de anos, foi resolvido o problema de iluminação, com a instalação de LED. Quinze dias depois da entrega do novo sistema, os fios foram furtados. Os atos que lesam o patrimônio à disposição dos pelotenses e visitantes atingem diretamente o Poder Público, que pede apoio da comunidade para que seja possível manter as melhorias e investimentos em infraestrutura”, detalha o secretário Roberto Ramalho.

O gestor salienta que “o fato de o furto de fios estar se tornando corriqueiro tem levado a Prefeitura a repensar determinados projetos, considerando substituir o modelo subterrâneo, que é uma tendência mundial, pelas tradicionais instalações aéreas, dificultando o acesso de vândalos”.

Iluminação Pública

Somente neste ano, o Departamento de Iluminação Pública (DIP), vinculado à Secretaria de Serviços Urbanos e Infraestrutura (Ssui), gastou mais de R$ 17,5 mil em reposição de fios e material (luminárias, conectores e outros componentes), furtados do sistema. O DIP já restabeleceu a iluminação pública nas avenidas Saturnino de Brito e Viscondessa da Graça, acesso sul à cidade, duas vezes neste ano, além das avenidas Juscelino Kubitschek de Oliveira e Saldanha Marinho, e da Passarela do Simões Lopes.

Também foram furtados e estão no aguardo de reposição fios e componentes da iluminação do Parque da Baronesa, da praça Piratinino de Almeida e os totens de acesso à cidade localizados no Simões Lopes, na avenida Duque de Caxias e no Centro de Eventos.

Escolas

Escolas do Município também não ficaram de fora do vandalismo. Somente no primeiro semestre, cerca de R$ 12,8 mil foram gastos pela Secretaria de Educação e Desporto (Smed), para recompor estragos e repor itens indispensáveis para as instituições. Os serviços foram executados pela equipe de manutenção escolar ou contratados terceirizados.

Publicidade

A Escola Municipal de Educação Infantil Monteiro Lobato foi alvo de furto da bomba de água, enquanto a de Ensino Fundamental Jornalista Deogar Soares sofreu arrombamento e foram levados a bomba da caixa d’água, a central de gás e tampas dos bueiros. Nesse estabelecimento, a bomba da caixa d’água foi furtada novamente, poucos dias depois de reposta.

Na Escola de Educação Infantil João Guimarães Rosa, a ação foi contra a energia elétrica. Foram furtados o medidor, o disjuntor e toda a fiação do poste. Em questão de dias, todos os itens repostos foram subtraídos pela segunda vez, levando a Smed a contratar serviço de alarme com monitoramento e colocação de cerca concertina, além de instalar o poste em ponto mais distante, dificultando o acesso a ele. Nada deteve os praticantes do crime e foi registrada a terceira ocorrência, envolvendo mais itens, como cabos, disjuntores, torneiras, hidrômetro e fios de cobre. A Secretaria providenciou, mais uma vez, com urgência, a recolocação de todos os itens.

Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Brasil e mundo

Reino Unido oferece bolsas de mestrado para alunos de 160 países

Publicado

on

O Reino Unido disponibiliza bolsas de mestrado para alunos de 160 países. Os estudantes brasileiros estão na lista de interesse do governo britânico. Quem deseja concorrer a uma vaga, já pode se inscrever a partir desta terça-feira (2).

Além da bolsa de estudo, os aprovados terão passagens aéreas e as taxas universitárias pagas.

Para a encarregada de negócios da embaixada do Reino Unido no Brasil, Melanie Hopkins, esta é uma oportunidade de os estudantes compartilharem conhecimentos. “Estamos buscando os líderes de amanhã, estamos buscando estudantes dispostos a melhorar as relações entre o governo britânico e o brasileiro e os candidatos devem ser capazes de mostrar o impacto que eles podem causar”.

Os candidatos terão que fazer uma entrevista em inglês. A vaga exige também experiência profissional de pelo menos dois anos.

O programa do governo britânico já concedeu mais de 50 mil bolsas para estudantes de todo mundo. Em 2020, 46 brasileiros foram selecionados para o programa de mestrados.

As inscrições podem ser feitas pelo site chevening.org.

Publicidade
Continue Reading

Pelotas e RS

Relações Internacionais terá aula inaugural nesta quarta (03)

Publicado

on

O curso de Relações Internacionais da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) promove, nesta quarta-feira (03), às 19h, sua aula inaugural. O tema será “A Guerra na Ucrânia: as limitações frente ao Direito Internacional”.

O convidado é o professor da Universidade da Força Aérea e da Universidade Federal do Rio Grande, Luciano Vaz Ferreira. A atividade será no Auditório do Centro de Pós-Graduação e Pesquisas em Ciências Humanas, Sociais, Sociais Aplicadas, Artes e Linguagem (Cehus), que fica na rua Alberto Rosa, 117.

A aula é aberta a todos os interessados e não há necessidade de inscrições. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada. Serão observadas as recomendações de prevenção contra a Covid-19, previstas na Portaria Nº 942, de 23 de Maio de 2022. Haverá certificação pelo Cobalto para os participantes.

A atividade faz parte da Semana de Integração do curso de Relações Internacionais.

Continue Reading

Pandemia

Após 29 meses, UFPel retoma atividades 100% presenciais

Publicado

on

Nesta segunda-feira (1º), a Universidade Federal de Pelotas voltou às atividades 100% presenciais, após o período emergencial causado pela pandemia de Covid-19.

A retomada total ocorre após 29 meses, período em que atuou remotamente. Desde outubro de 2021, o trabalho presencial vinha sendo retomado aos poucos.

São 94 os cursos de graduação que retomam suas disciplinas e ações de ensino-aprendizagem de forma presencial; estes unem-se ao curso de Direito, que já havia voltado ao regime em 9 de maio.

O próximo passo é elaborar um plano para que o calendário acadêmico da UFPel entre em compasso com o calendário civil. Estão com um semestre de atraso.

Acolhimento

Para a semana entre os dias 8 e 12 de agosto, a Universidade preparou uma programação cultural para realizar o acolhimento de todos os estudantes, além de comemorar o aniversário de 53 anos da UFPel. As ações têm o objetivo de levar instantes de cultura e descontração ao maior número de espaços da instituição, descentralizando a atividade de acolhida.

Tanto os horários quanto os locais de realização foram pensados para diversificar a atividade. Haverá apresentações no Largo do Bola, no Restaurante Universitário do Câmpus Capão do Leão, na Faculdade de Medicina, na Escola Superior de Educação Física e no Câmpus Anglo.

Publicidade

A gestão da UFPel também realizará visitas às unidades acadêmicas, para dar as boas-vindas a estudantes e servidores nesse retorno. Também faz parte da programação do reencontro a inauguração da nova Biblioteca e do aulário do Câmpus Capão do Leão.

Cuidados necessários

A administração central da UFPel relembra que as medidas de prevenção contra a Covid-19 estão mantidas, pois a pandemia ainda não acabou. O uso de máscaras é obrigatório em todos os espaços da Universidade, assim como a apresentação de comprovante vacinal quando solicitado. A instituição orienta ainda que sejam mantidas as medidas de higienização das mãos e de não aglomeração.

Continue Reading
Cultura e diversão1 dia atrás

O TELEFONE PRETO. (Por Déborah Schmidt)

Brasil e mundo3 dias atrás

Câmara aprova projeto que cria norma geral para concursos públicos

Brasil e mundo5 dias atrás

Reino Unido oferece bolsas de mestrado para alunos de 160 países

Brasil e mundo6 dias atrás

CVC é multada por venda de passagens de companhia em falência

Cultura e diversão6 dias atrás

AGENTE OCULTO. (Por Déborah Schmidt)

Brasil e mundo6 dias atrás

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Brasil e mundo6 dias atrás

Saúde orienta grávidas sobre prevenção à varíola dos macacos

Pelotas e RS6 dias atrás

Relações Internacionais terá aula inaugural nesta quarta (03)

Pandemia6 dias atrás

Após 29 meses, UFPel retoma atividades 100% presenciais

Brasil e mundo6 dias atrás

Copom inicia quinta reunião do ano avaliando fim de aperto nos juros

Brasil e mundo7 dias atrás

Abertas as inscrições para concorrer a bolsas do ProUni

Brasil e mundo7 dias atrás

Ministro diz que Brasil terá antiviral para tratar varíola dos macacos

Brasil e mundo1 semana atrás

Casos de coronavírus crescem em Tóquio

Brasil e mundo1 semana atrás

MP libera R$ 10,9 bi para auxílios a caminhoneiros e taxistas

Brasil e mundo2 semanas atrás

Paixões brasileiras (Por Montserrat Martins)

Brasil e mundo2 semanas atrás

O nó do Brasil

Brasil e mundo2 semanas atrás

PF começa a fazer segurança de Lula, que corre risco máximo e será acompanhado de perto

Eleições 20222 semanas atrás

Datafolha: Lula lidera entre jovens de capitais com 51%, contra 20% de Bolsonaro

Brasil e mundo2 semanas atrás

Pesquisa BTG/PSB dá Lula com 44%

Cultura e diversão2 semanas atrás

Elvis, o filme

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em alta