Leitor reclama de juros abusivos da Caixa durante crise

Um leitor escreve para o site para registrar uma surpresa:

Diz que é cliente da Caixa. Com cartões de crédito em dia. Que, por isso, e em decorrência da pandemia e refluxo econômico, ligaram da agência oferecendo a possibilidade de parcelar a próxima fatura.

Diz também que desistiu da operação quando soube que o banco cobra 6,75% de juros. “Não ao ano, mas AO MÊS”, espantou-se.

Diz ainda que esteve duas vezes na agência, em busca de informações sobre benefícios emergenciais anunciados pelo governo federal neste momento de crise. Coisas como crédito para capital de giro, prorrogação de débitos, financiamentos.

“O gerente manda entrar num site, ligar para 0800. O site está congestionado e, no telefone, ficamos esperando meia hora… quando atende, ninguém sabe nada e cai a ligação”.

“Se não houver uma providência drástica do governo federal, vai ser uma quebradeira. Eis o X da questão”.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.