Connect with us

Brasil & Mundo

Buser chega a 600 mil pessoas transportadas em outubro. 5 milhões de clientes cadastrados

Publicado

on

Startup de viagens rodoviárias acaba de superar a marca de 5 milhões de clientes cadastrados na plataforma

A retomada do turismo no País já é uma realidade com o avanço da vacinação. Isso pode ser comprovado pelos números da Buser, maior plataforma de intermediação de viagens rodoviárias do Brasil.

Desde julho, a startup vem registrando aumento considerável na procura por viagens de ônibus. Em outubro, o número de viajantes transportados bateu um novo recorde: foram 600 mil pessoas viajando por meio da plataforma, o que significa um crescimento de 30% em relação ao movimento em setembro. Já o volume total de vendas (GMV) cresceu quatro vezes em comparação com o mesmo período em 2020, chegando à melhor marca desde o início da operação.

O forte crescimento também pode ser medido pela quantidade de clientes, uma métrica bem difundida entre as empresas de tecnologia. A Buser acaba de bater a marca de 5 milhões de usuários cadastrados.

“Outubro é um mês sempre forte para o turismo, muito por conta do feriado de 12 de outubro. Só nele movimentamos mais de 150 mil passageiros. Mas nosso crescimento vai além de movimentos pontuais de feriado. Temos registrado recordes desde agosto e a nossa expectativa para o final do ano é de seguir num ritmo ainda mais acelerado, principalmente com a nossa expansão para todo o Brasil”, afirma Marcelo Vasconcellos, co-fundador da Buser. 

Fundada em 2017 por dois mineiros, a empresa, que anunciou recentemente sua presença em todos os estados brasileiros, depois de lançar operação na região Norte, vem batendo recordes consecutivos de passageiros nos últimos meses. Em setembro, o total de viajantes foi de 460 mil pessoas, número 40% maior do que o registrado no mês anterior e 580% em relação ao mesmo período em 2020.

Publicidade

Sobre a Buser

A Buser nasceu com a missão de promover serviços de transporte melhores e a preços mais acessíveis. Nos três primeiros anos de atividade, a empresa promoveu o fretamento colaborativo com uma plataforma para conectar viajantes a empresas de ônibus no qual os passageiros dividem a conta final do fretamento. Nos últimos meses, a startup evoluiu, passando a ser uma plataforma de mobilidade coletiva multisserviços, atuando também como marketplace de passagens, em parceria com grandes companhias, e agora com o Buser Encomendas.

Já são 5 milhões de pessoas na plataforma digital. A empresa conta com mais de 400 parceiros (entre fretadores e viações maiores), utilizando mais de 1.200 ônibus. Para mais informações, acesse: www.buser.com.br.

Publicidade
Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Brasil & Mundo

Banco do Brasil faz mutirão de renegociação de dívidas

Também será possível descontos nas taxas de juros e prazo de até 100 meses

Publicado

on

O Banco do Brasil (BB) começa nesta segunda-feira (6) um mutirão de negociação de dívidas que vai até o dia 17 de dezembro, com descontos de até 95% para pagamento à vista das dívidas vencidas. Também será possível descontos nas taxas de juros e prazo de até 100 meses para renegociação a prazo de operações vencidas, conforme o banco.

“As condições estão disponíveis para mais de 3,5 milhões de clientes – pessoa física, produtor rural e pessoa jurídica, que possuam dívidas inadimplidas oriundas de operações de crédito pessoal, cartão de crédito, cheque especial e outras”, diz nota da instituição financeira.

Para fazer a negociação os clientes podem procurar as agências do banco também os canais digitais: internet, App, WhatsApp (61-4004-0001) e pela Central de Atendimento (4004-001/ 0800 729 0001). 

Segundo a gerência executiva da Unidade Cobrança e Reestruturação de Ativos Operacionais do BB, o mutirão de renegociação “visa proporcionar aos nossos clientes a possibilidade de renegociar suas dívidas, para começar 2022 tranquilo, além de incentivar a educação e planejamento financeiro pessoal e contribuir para a retomada da economia”.

Continue Reading

Brasil & Mundo

Aos 72 anos, morre a atriz Mila Moreira

Mila começou a trabalhar como modelo nos anos 60

Publicado

on

Morreu hoje (6), no Rio de Janeiro, a atriz Marilda Moreira da Silva, conhecida por Mila Moreira. Ela tinha 72 anos e estava internada no Hospital Copa Star, em Copacabana. A causa da morte não foi divulgada.

Mila começou a trabalhar como modelo nos anos 60. Nos anos 70, foi jurada do programa do Chacrinha.

Ela foi uma das primeiras modelos a migrarem do mundo da moda para as novelas de televisão. Em 1979, trabalhou na sua primeira novela: Marrom Glacê, de Cassiano Gabus Mendes, na Rede Globo.

Participou de mais de 30 novelas e minisséries para a televisão. No cinema, trabalhou em seis produções.

Mila Moreira foi casada com o designer Hans Donner e com os atores Luis Gustavo, Gracindo Junior e Eduardo Conde.

Publicidade
Continue Reading

Brasil & Mundo

Projeto cria cadastro nacional com foto de pedófilos

Os dados serão levantados pelo Conselho Nacional de Justiça

Publicado

on

Um cadastro nacional vai reunir pessoas condenadas por crimes relacionados à pedofilia. A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (6) o projeto de lei que cria esse cadastro. 

Os dados serão levantados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Além das informações, a ficha contará com foto do condenado.

Entre os crimes estão estupro de vulnerável; corrupção de menores; exploração sexual de criança, adolescente ou vulnerável; e delitos praticados por meios digitais, como produzir, armazenar, divulgar ou expor vídeo de sexo envolvendo criança ou adolescente.

A matéria é de autoria do deputado Nivaldo Albuquerque (PTB-AL) e será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Como tem caráter conclusivo, uma vez aprovada, não vai a plenário.

Continue Reading



Publicidade
Publicidade

Mais lidas em três dias