Dirigente do Simp lê nota de ‘repudio à administração municipal’

Dirigente do Sindicato dos Municipários (Sim) leu uma carta, na tribuna da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira:

Título da nota lida: SIMP – nota de repúdio

A categoria dos municipários de Pelotas vem publicamente manifestar-se para DENUNCIAR e REPUDIAR a administração da prefeita Paula Mascarenhas, que neste ano, desrespeitando a data-base, pela primeira vez em 19 ANOS, nada ofereceu para reajustar os salários do funcionalismo público municipal.

Ou seja, perdas inestimáveis para os já sofridos servidores, com reajuste zero, sequer sendo repostas as perdas inflacionárias.

Além do reajuste zero nos salários, também para o vale-alimentação não houve qualquer proposta de correção, sendo a primeira vez que isto ocorre desde a implantação deste benefício, em 2006.

Lembramos que a imensa maioria dos servidores municipais, cerca de 80% da categoria, tem de receber complemento para que seus vencimentos alcancem o valor do salário mínimo nacional.

A prefeita submete os servidores a um arrocho salarial sem precedentes, rebaixando ainda mais a capacidade de sobrevivência dos municipários e de seus familiares, ao mesmo tempo em que lança na mídia jogadas de marketing para sua administração, gastando milhares de reais em propagandas e em iniciativas que em nada beneficiam os trabalhadores, como a ideia de “premiar” servidores com viagem, hospedagem e vale-compras em Gramado, que é um fato isolado, minoritário e divisor na categoria.

Quanto a esta “premiação”, vale destacar que nesta proposta ela defende a questão de economicidade e eficiência, princípios estes que também ela defendeu no debate do Simp em 2016 no compromisso de uniformizar as cargas horárias em 6h diárias, o que até hoje não cumpriu a todos.

A prefeita sequer negociou com os municipários, instituindo uma Comissão para isso, diferente dos outros anos em que apresentou propostas, “propagandeou” que oferecia índice superior à inflação e sempre quis sair na foto, então quando agora nada deu, não apareceu. No mínimo, estranho o comportamento.

Ao mesmo tempo em que ataca o direito dos servidores, arrochando ainda mais os já baixíssimos salários, a prefeita mantém o mesmo número de Cargos de Confiança (CC’s), gasta excessivamente com publicidade, utiliza de contratações temporárias de professores, ao invés da concessão de complementações da carga horária, o que acarretou mais custo ao Município; faz a contratação temporária de Operários em Saúde Ambiental, tendo Agentes de Combate a Endemias concursados para serem chamados; deixa de considerar que em 2018 a receita corrente líquida teve uma evolução de 6,72%.

Este é um Governo que tem duas caras: a verdadeira, triste, com arrocho salarial dos servidores, problemas nas ruas, cidade sem iluminação, ruas esburacadas, filas nos postos de saúde e violência desenfreada; e a fantasiosa, do Pacto pela Paz, que em realidade absolutamente nada fez pelo fim da criminalidade, tanto na periferia quanto no centro da cidade; da “premiação” de servidores com viagens e vale-compras; além de tantas outras ilusões propagandeadas pela mídia, espaços comprados com dinheiro público que deveria estar sendo utilizado onde realmente é necessário.

Por todas estas razões repudiamos e denunciamos o Governo Paula, a qual proporciona um caos total para os servidores e seus familiares.

SINDICATO DOS MUNICIPÁRIOS DE PELOTAS

Prefeitura reage à nota de repúdio do Sindicato dos Municipários

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.